segunda-feira, 27 de setembro de 2010

X Caminhada Tupinambá: resistência indígena!

Aconteceu ontem a Décima Caminhada em Memória aos Mártires do Massacre do Rio Cururupe, que por sinal tem esse nome pois este mesmo rio ficou vermelho de sangue (em Tupi Cururupe) de nossos antepassados, durante uma Batalha entre os indígenas e os Portugueses a mando de Mem de Sá então Governador na época.
Nossa Caminhada iniciou pela manhã com um porancyn na Igreja Nossa Senhora da Escada e depois fomos caminhando sumo ao Cururupe. A nossa caminhada foi tranquila mesmo sem a presença da Polícia Militar e Polícia Rodoviária que só chegou quando já estávamos chegando no Cururupe.
Os 8 km que no passado foram cobertos pelos corpos de nossos antepassados  em 1559, foram percorridos por mais de mil indígenas com cantos e danças para reverenciar os nossos antepassados covardemente assassinados.
São 451 anos que esse massacre aconteceu, mas ainda hoje esta lembrança causa uma dor terrível. Achavam que tínhamos sido todos exterminados pois foram 1 légua de corpos extendidos no chão, mas estamos aqui reivindicando e cobrando que nossos direitos sejam respeitados. Que demarque as nossas Terras para podermos vive em paz o nosso modo de vida.
Relembramos também o nosso grande líder conhecido como Caboclo Marcelino, considerado na época um comunista pelos coronés integralistas (mesma coisa que nazistas) que lutou para defender nosso povo na decáda de 30 contra a ganância desses mesmos Coronés que se achavam donos das terras indígenas, mas nós índios originários éramos e somos os verdadeiros donos. Quando os invasores portugueses chegaram aqui, nós já habitávamos este território.
Relembrando nossos mártires temos mais força para lutar pelo que é por direito nosso.


Um comentário:

  1. Foi muito bom acompanhar a caminhada dos Tupinambá, pois pude perceber a dimensão da mobilização dos parentes Tupinambá, e como sua cultura lhes fortalecem principalmente para a batalha de maior importância que é a demarcação de sua terra, somente através da união é que conseguiremos retomar nossa terra. A X Caminhada está de Parabéns!Deixo meu apoio e respeito à causa indígena!

    Jean Alberto

    ResponderExcluir